Presentation

A ADEE
A ADEE - Associação para o Desenvolvimento Económico e Empresarial, é uma associação privada, sem fins lucrativos, estabelecida por escritura pública em Setembro de 2006, com os seus estatutos depositados no Governo Civil de Lisboa, e publicada no Diário da República II Série, página 16 902, Nº 115 do dia 18 de Junho de 2007, Parte J e Anúncio 3673/2007.

A Origem da ADEE
Na sua génese, estiveram 55 empresas que, procurando na união de esforços um apoio mútuo e uma maior força negocial , estabeleceram em 2004 uma delegação para Portugal da Hospitality Consortium Europe, uma associação informal pan-europeia, envolvendo empresários do Reino Unido, França e Portugal.

Em Julho de 2005, os sócios fundadores da Associação decidiram, em sede de Assembleia Geral, criar uma associação com entidade jurídica autónoma e legalmente constituída de acordo com os preceitos legais estabelecidos pela legislação portuguesa para as associações. Em Setembro de 2006 nasce a ADEE.

Actualmente, a ADEE é constituída por cerca de 100 empresas dos mais diversos sectores de actividade, desde a hotelaria ao comércio de mobiliário e electrodomésticos, passando pela restauração, telecomunicações, laboratório de análises clínicas, trading até ao retalho especializado.


A Nossa Missão
Temos como missão encorajar, maximizar, facilitar a cooperação e entreajuda dos seus membros em sectores chave nos quais estejam inseridos, no contexto de objectivos traçados através da promoção regular de oportunidades, nomeadamente:

Investimentos nacionais e internacionais em várias áreas;
Fomentar a expansão de negócios em sectores chave nos quais os membros estejam envolvidos, nos sectores de hotelaria e serviços, mobiliário, têxteis, pequena indústria;
Negociação de produtos e serviços em condições mais vantajosas para os seus associados;
Promover e facilitar o networking;
Implementação de uma base de dados e acesso a fornecedores de serviço;
Contratar / ou participar em parcerias com outras entidades de negócio e associações de sector;
Intermediar ou facilitar sociedades e explorar oportunidades de negócios;
Criar entre os associados uma bolsa de negócios, serviços e emprego;
Motivar e coordenar cursos de formação profissional em áreas chave;
Promover seminários sobre temas nacionais e internacionais no interesse dos associados;
Participar, mediar ou fazer-se representar em sessões, colóquios, reuniões de outras entidades empresariais e associações ligadas ao sector.